Caminhos de Mim!

Escrevo poesias que são releases de momentos revoltosos e de muitas outras incoformidades (e denuncio feitos desumanos) que revelam múltiplas referências inumanas, uma das características da poesia marginal, o que as torna tão expostas a olhares arredios, mas confesso-vos que sou um tipo antiquado de arma letal em ponto de guerra.

A minha metaexpiação não se constitui na fuga da realidade, mas num entendimento mais amplo dela. A universalidade das coisas que assume ser a minha voz é um estopim atômico. Explico: desde os meus primeiros versos esfacelo a mesmice e escrevo poesias marginais - e isso é definitivo - como uma forma de transgredir um ato de resistência.

Por isso, desde agora, neste blog com cara de tacho, disponibilozo-vos de prima meus chopps bennyanos, autenticos egos de palavras.

Sim. Goles de poesias de vida e morte. Alguns metafísicos. Outros repaginadas e publicadas noutros sites de literatura que eu colaboro regularmente. Enfim, ofereço-vos "Poesias de Guerrilha" - leia-se nitroglicerina pura. Pronta para explodir.

Benny Franklin

► Atividades culturais:

* Cônsul de Belém de "Poetas del Mundo". Poetas del Mundo é uma entidade internacional, com sede em Santiago - Chile, dirigido pelo seu fundador Poeta Luiz Árias Manzo e, no Brasil, pela Poetiza Delasnieve Daspet, está presente em mais de 100 (cem) países, e tem se empenhado na divulgação da poesia como fator de integração mundial e na promoção da paz e da solidariedade entre os povos.

* Colaborador dos Sites de Cultura "Academia dos Poetas Paraenses", Ver-O-Poema", "Bar do Ossian", "Nova Águia: O blog da Lusofonia", "Poema Dia" e "Overmundo", este, patrocinado pelo Governo Federal.

► Consagração Literária:

* Prêmio AP de Literatura 2006 com a Obra Poética "Exame de Consciência", Assembléia Paraense, Belém-Pa.

* Poeta selecionado com a Obra Poética "Poema Verdadeiro" para o Projeto Pão & Poesia, Belo Horizonte, MG.

► Entrevista:

* Leia Veneza Brasileira

► Homenagem recebida em forma de poema, de um grande amigo.

* Carpe Diem
(Poema de Rubênio Marcelo, poeta, cantor e membro da Academia Sulmatogrossense de Letras)


2 Response to "Caminhos de Mim!"

  1. Tudo lindo, Benny! Estarei acompanhando!
    Beijos e flores @}---

    Poetas del mundo hoje no FSM, não é? Se der, nos vemos por lá, amigo!

    beijinhos

BENNY FRANKLIN

Poesias Verdes Fritas

Benny Franklin. Tecnologia do Blogger.
powered by Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme | Blogger Templates | Credit Card Offers