Tapumes Metafísicos

Fotografia by NãoSouEuéaOutra

I

Poesia obstinada!

Cócega e tráfego
sem a turgescência dos insurrectos logradouros.

Oh, cântico marginal!
Os homens agem
[ao feitio de suas náuseas estranguladas]
soberbos e mórbidos:

Tal como a proeza de evacuar
o verbo ereto e as palavras lúdicas
[como cordas sem pescoço e silhuetas também sádicas]
os estômagos carnívoros se suportam mais íntegros
à medida que não se medem por frouxidões e prantos.

II

Poeta ignorado!

Ácido e gosma de coexistir exprimido.

Oh, servilismo e usança de acasalar!
Os travessões e as vírgulas não almejam
nem a aguardente doentia
e nem o fuçar das línguas oprimidas...

III

Mergulhado em lágrimas
eu sopro pelos interstícios dos tapumes metafísicos
as minhas melancólicas palavras...

Ai!... Os soldados me hão de reconhecer,
e se alimentarão das multifacetadas bromélias dos trôpegos.
Outros soldados e outros poetas calcularão as dores vencidas,
a covardia ejaculada do aço,
a fúria do endêmico cansaço,
mas não a poesia de mim!

© Benny Franklin
São Luis/MA

10 Response to "Tapumes Metafísicos"

  1. IVANCEZAR says:

    Benny:

    Esse interstício dos "tapumes" metafísicos
    tão invisíveis ... são território selvagem, para poucos exploradores
    Versos ricos , metáforas "bennyanas" , inconfundíveis !
    Prazer imenso ler-te !
    abraço !

    "Mergulhado em lágrimas
    eu sopro pelos interstícios dos tapumes metafísicos
    as minhas melancólicas palavras..."

    Estes versos impressionam, BennY. Que coisa, tua poesia.

    Ah, a sina, dos soldados e dos poetas...

    abraço.

    Pérola says:

    o Poeta em si é enorme, nunca verga na exaustão!!! Você é já o seu futuro...
    Pérola

    Tal como a proeza de evacuar
    o verbo e as palavras lúdicas
    como cordas sem pescoço e silhuetas também sádicas,
    os estômagos carnívoros se suportam mais íntegros
    à medida que se medem às frouxidões dos prantos.


    Todo poetar ejaculará o que O Homem Divino disse e diz, e alguns não escutam
    hemorragia de palavras...sangue pelo sangue sempre
    Benny Franklin!


    OSHF

    Cintia Thome e bjus

    http://www.flickr.com/photos/cintiathome/

    Bjus e sempre bons e novos dias de Céu bj

    Cíntia Thomé

    Ave, Poeta!

    Visitei teu Blog e li teu belo e critico poema.

    Obrigado pela amizade e pelo poema.

    Abraços extensivos à tua genitora.

    a) Antonio Juraci Siqueira

    Gosto de seus versos:-eles capturam palavras à sua maneira.Uma sintaxe consciente que ergue as palavras.E não há como separar seu dicionário > do poeta que raciocina o poema.

    Abraços do seu amigo,Ronaldo Franco.

    LiLa BoNi says:

    Passando p matar a saudade e te ler !!!
    Sempre extraordinário!!!
    Mil beijos !!!!]
    Saudade!!!

    Poetamigo Benny,
    A beleza em navegar
    pelos teus versos,
    produz inspirações diversas.
    Feliz estou na riqueza
    das tuas palavras,
    tornaram-me escrava,
    da poesia que irradia de ti.
    Grande beijo.
    Regina Lyra

    imoveis a venda

BENNY FRANKLIN

Poesias Verdes Fritas

Benny Franklin. Tecnologia do Blogger.
powered by Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme | Blogger Templates | Credit Card Offers